terça-feira, 17 de julho de 2007

Luis Sobral 0-2 Entre Dez

Ai, ai, ai... Andei eu a fazer piadas sobre o António Tadeia e este Luis Sobral armado aos cucos. Encontrei duas pérolas destes senhor, dois artigos de altíssima qualidade sobre... talvez seja sobre futebol, mas preciso de confirmar. Os artigos são este e este.

Começo pelo primeiro. Sobre Manuel Fernandes, diz assim Sobral:

"O internacional português está um jogador diferente. Mais forte fisicamente, acrescentou ao bom jogo defensivo que possuía uma capacidade de remate e uma maturidade espantosas."

Está diferente, isso está, mas porque agora tem tranças. Mais forte fisicamente?? Não. Está igual. Capacidade de remate? Meu amigo: já a tinha! Maturidade? Onde? Perdendo uma em cada duas bolas?? Isso é maturidade? Se há coisa que o futebol inglês não dá é maturidade. Manuel Fernandes voltou mais competitivo, isso sim, mais confiante, mas continua a faltar-lhe aquilo que lhe faltava: parar para pensar. Não me interpretem mal: Manuel Fernandes é um grande jogador e talvez o melhor reforço do Benfica para esta temporada, como o Sobral refere. Mas, na minha opinião, parou de crescer enquanto jogador. É muito útil, mas combina uma combatividade extraordinária com decisões irreflectidas. É demasiado rápido a executar, o que nem sempre é bom, porque não tem capacidade para interpretar quais são as melhores soluções à mesma velocidade. As transições, fá-las sempre rápidas; raramente joga apoiado. Nisso, sem dúvida que há influências do futebol inglês. Enfim, não deixa de ser um grande jogador, mas um grande jogador que provavelmente não será mais do que o que já é...

"Por esta altura, admite-se que Fernando Santos coloque Manuel Fernandes sobre o lado esquerdo do losango, com Katsouranis à direita, Petit nas costas e Simão à frente, antes dos dois avançados."

A sério?? Admite-se? E o Benfica jogar à bola, não? Onde é que ficam o Rui Costa e o Nuno Assis? Com três médios de características defensivas, vai ser sem dúvida um meio-campo de combate, mas um meio-campo com poucas ideias. Tanto Katsouranis como Manuel Fernandes são bons médios de transição e ocupam bem os espaços ofensivos, mas não são jogadores de toque curto, jogadores de fantasia. O meio-campo do Benfica como o senhor Sobral o quer, será um meio-campo musculado, provavelmente bom a nível táctico, quer defensiva, quer ofensivamente, mas muito pouco imaginativo. E Simão a 10, se pode dar profundidade e explosão, retira ainda mais criatividade a esse meio-campo.

"candidatar-se ao estatuto de melhor médio da Liga."

Vamos lá ver uma coisa. Por melhor médio da liga, entende-se o quê? É que o Manuel Fernandes, a nível ofensivo, fica longe de um Moutinho, de um Romagnoli, de um Lucho Gonzaléz, de um Rui Costa, etc... E não consigo aceitar que o melhor médio da Liga seja alguém sem um nível aceitável de criatividade.

Bom, dediquemo-nos agora ao segundo artigo, o mais fenomenal dos dois. Diz Sobral o seguinte:

"Já se sabe que a um avançado pede-se, antes de tudo, que marque golos."

Senhor Sobral: já se sabe?? Quem? Quem é que sabe que a um avançado se pede que marque golos? A um avançado pede-se muita coisa. Só quem não percebe nada de bola é que pede a um avançado que marque golos. Os golos são o corolário de muitas coisas. Se a um avançado se pedisse apenas que se marcassem golos, ou se fosse essa a sua principal função, seria um jogador a menos tirando os dois ou três lances de golo por jogo em que entrariam em acção. A um avançado pede-se movimentações bem feitas, jogar com os colegas, ocupar espaços, etc...

Continua Sobral:

"Mas no futebol de hoje, e sobretudo no de Paulo Bento, a defesa começa lá à frente."

A defesa começa lá à frente no futebol de hoje?? E no de antigamente, não? E sobretudo no do Paulo Bento porquê? Essa, sinceramente, não percebi. Que tem o futebol do Paulo Bento para ser sobretudo nele que a defesa começa lá à frente? Ridículo!

"Nesse aspecto, o Sporting poderá fazer alinhar os dois melhores avançados-defesas da Liga: Liedson e Derlei, trabalhadores incansáveis."

Pára tudo!! Avançados-defesa?? Não sei se o senhor leitor percebeu o que se passou aqui. Se não, eu explico. Luís Sobral acabou de inventar uma nova posição no futebol. Avançado-defesa é aquele jogador que tanto é avançado, como defesa, julgo eu. Será que tinha o Karadas em mente? É que o norueguês, antes de ser ponta-de-lança, foi defesa central. Será isso? Lendo o resto do texto, percebe-se o que o engraçado do Sobral queria dizer. Por avançado-defesa entende um avançado que defende. Magnífico! Eu julgava que qualquer avançado tinha de defender, mas isso sou eu, que tenho a mania. Mas pronto, o senhor Sobral achou por bem chamar a avançado uma coisa nova. A partir de agora, há defesas, médios e avançados-defesas. Admito que um defesa, quando vai ao ataque, passe a chamar-se defesa-avançado. E se estiver a meio do terreno, passe a ser defesa-avançado-médio. Assim sendo, admitindo que qualquer jogador, eventualmente, tem que fazer um pouco de tudo, a única conclusão que podemos tirar é que o Ricardo Carvalho é um defesa-médio-avançado e o Nuno Gomes é um avançado-médio-defesa. Mais uma vez, Sobral foi ridículo!

Mas ainda sobre esta frase, e deixando de lado a expressão infeliz de Sobral, há que atentar no seguinte: para Sobral, Liedson e Derlei farão uma dupla de avançados muito boa porque os dois são "trabalhadores incansáveis". Não sei se eles farão uma boa dupla ou não, mas se o fizerem não é certamente por andarem a correr que nem tontinhos atrás da bola. Não há nada de mais irrelevante num avançado que a disponibilidade para andar a correr feito parvo.

Diz ainda Sobral:

"Derlei chegou à Luz depois de uma paragem prolongada, precisou de fazer a pré-temporada em movimento e também não ajudou o castigo de dois jogos, logo para cartão de visita."

e ainda:

"Numa equipa formada e em igualdade de preparação com os colegas, aposto que Derlei vai ser de grande utilidade ao Sporting."

Sobral justifica o fraco rendimento de Derlei no Benfica graças ao facto de não ter feito a pré-época. Mourinho (o melhor treinador do mundo), não faz pré-época. Ou seja, não trabalha de forma diferente antes da época. Que diria ele, Mourinho (por acaso o treinador com quem Derlei atingiu o rendimento máximo), ao ouvir isto? Acredito que Derlei tenha demorado a ganhar ritmo competitivo por causa de não ter feito a pré-época, mas isso não explica que, ao longo de 6 meses, não tenha mostrado aquilo que o Sobral acha que ele vale. Aposta o Sobral que Derlei será útil ao Sporting. Talvez, mas toda a justificação que o Sobral dá para essa aposta é patética.

Resumindo, Luís Sobral escreveu dois artigos rídiculos, com os quais me atrevi a gozar. 0 para o Sobral, 1 para mim. Além disso, atrevo-me a dizer que o Sobral não percebe nada de bola. 0 para o Sobral, 2 para mim.

17 comentários:

BAD-RELIGION disse...

haha, muito bom! :P

amanhã mando-te vos mail que hoje já é tarde ;)

Anónimo disse...

tanta amargua, parece que o homem andou a comer a tua mulher!!!
Que nao concordes com a opiniao dele ok, mas este post é um ataque sem ponta por onde se pegar.
E essa de seres tu a arbitrar a contenda e marcar os pontos é ridicula : tu 0 - eu 1 :D

luissm disse...

Resumindo: não tinhas o que dizer e então fizeste este post!

Julgo teres razão quanto ao Manuel Fernandes, mas de resto este post é um chorrilho de disparates.

1) Aposto que o FS vai jogar com esse meio campo muitas vezes. E, se não o fizer, é para pôr o Katsouranis a jogar a central. Claro que não resulta, mas isso não invalida o que o Sobral diz. Atenta no seguinte: é normal que ideias do FS não resultem!!

2) Essa coisa do melhor médio não poder ser um médio mais defensivo é preconceito teu. Para mim, o mlehor médio deve ser aquele que mais contribuir para os resultados da sua equipa. É a mesma coisa que dizeres que o Canavarro ou o Roberto Carlos nunca deviam ter recebido a bola d'ouro.

3)Conheces a expressão "antes de tudo"? Significa "principalmente" no contexto em que é incluída. E muita gente concordará que a um avançado se pede principalmente que marque golos. Conheces algum avançado que tenha ficado para a história e que apenas fizesse movimentação, jogo com colegas e ocupação de espaços?

4) Não perceberes que, entre os 3 grandes, o Paulo Bento é o treinador que põe a sua equipa a defender mais à frente é problema teu e não do Sobral.

5) Não veres a diferença entre um Liedson (ou um Derlei) e um Postiga, por exemplo, também é problema teu. Os primeiros têm maior disponibilidade para defender. Por isso, em sentido figurado, se podem chamar avançados-defesa.

6) Se bates tanto nos pormenores do Sobral não podes dizer que o Derlei teve 6 meses na Luz. Assinou em finais de Janeiro e o campeonato acabou a 20 de Maio. São menos de 4 meses.

Diria que o Sobral chegou ao intervelo a perder 2-0, mas deu a volta na segunda parte. 6-2 é uma grande cabazada.

O vosso blog até é interessante mas antes de achincalhar as pessoas temos de analisar correctamente se temos razão no que dizemos.

Gonçalo disse...

Pois ainda nao sei como o fernando santos vai jogar.. mas se for com esse meio campo.. as coisas vao ser feias...
Em relação ao avançado,tanto ao facto se pedir principalmente q faça golos, como o facto de ser avançados defesas, a unica coisa q se coloca em questão é o desmenbramento que muitas vezes se faz de uma equipa de futebol. O avançado, e o seu desempenho, não pode estar à margem da equipa. Uma euipa de futebol deve defender e atacar como um todo. Como é óbvio, não são muitas as q vemos fazer, mas isso já é um "problema" diferente. Mas por exemplo, e agora falo para ti luiss? é incoerente dizeres q o avançado ttem de fazer golos, mas qd se trata do médio, o melhor é aquele q ajuda a equipa da melhor forma... e entao se o avançado proporcionar muitas situaçoes de finalização aos colegas, e contribuir para um excelente campeonato da sua equipa, mesmo nao fazendo golos? nao foi importante? nao ajudou? era a mesma coisa q dizer q um medio era o melhor so pq recuperava mais bolas, ou pq era o q fazia mais golos, isso por si só nao faria dele o melhor médio... Ver para além do óbvio também é importante.
Um abraço

Nuno disse...

Hmmm... Com esse nick e tanta revolta, não me digas que luissm é de Luis Sobral?? :p

Sobre o que dizes:

1)Também acho que o Fernando Santos o vai fazer. Mas não concordo. E o que o Sobral diz é que se "admite". Ora, se usa o verbo admitir, aceita esta opção e partilha dessa concepção de jogo. Foi isso que critiquei.

2)Eu não digo que um médio defensivo não pode ser o melhor médio. Mas esse médio defensivo tem que ter capacidades ofensivas. Se fosse o Redondo, ou o Pirlo, ou seja, tipos que conciliam as capacidades defensivas com as ofensivas, aceito.

3)Primeiro, eu fui explícito ao dizer que, se a principal função de um avançado fosse marcar golos, seria um elemento pouco importante. Se falo de principal função, aceito o "antes de tudo" que o Sobral usa, ou não? Agora, o problema é essa "muita gente" que acha que os avançados devem principalmente marcar golos. Também concordo que devem marcá-los, mas há coisas muito mais importantes num avançado e que, sem as quais, têm que esperar que a equipa jogue para eles. Não conheço nenhum avançado que tenha ficado para a história e que apenas fizesse movimentações, jogasse para os colegas ou ocupasse espaços. Mas também não conheço nenhum que marcasse apenas golos. O Jardel marcava-os porque era óptimo nas movimentações. O Liedson igual. E são essas coisas que permitem que eles sejam goleadores. Ou seja, se fizerem isso e não marcarem, é melhor do que marcarem sem fazerem isso. Porquê? Porque no primeiro caso, os golos aparecerão mais tarde ou mais cedo, enquanto que no segundo o mais certo é ter sido obra do acaso.

4) Percebo e sei-o. Mas o Sobral não compara o futebol do Paulo Bento ao dos 3 grandes. Fala do futebol actual, dizendo que a defesa começa lá à frente (que é o mesmo que dizer que uma laranja não é uma banana) e diz que, sobretudo no futebol do Paulo Bento, a defesa começa lá à frente. Aquilo que ridicularizei foi a noção que o Sobral tem de que o futebol do Paulo Bento é diferente do futebol actual em que a defesa começa lá à frente. E por defesa que começa à frente, o Sobral não quer falar de pressing, mas do trabalho defensivo dos jogadores. E, nesse capítulo, não é só o Paulo Bento que quer que os seus avançados defendam.

5)Não. O Liedson e o Derlei não têm maior disponibilidade para defender. Têm maior disponibilidade para correr. Não defende mais quem corre mais. Não perceberes isso é que é problema teu. Além disso, um avançado tem que saber medir as suas acções em campo e é errado exagerar no processo defensivo, como o faz por exemplo o Liedson, inviabilizando muitas vezes transições rápidas porque veio a correr para o seu meio-campo defensivo e não está na sua zona. Nesse capítulo, por exemplo, o Postiga, de que falas, é tacticamente superior ao Liedson, embora 99% da malta que vê bola achar que o Liedson, por correr sem parar durante 90 minutos, é tacticamente melhor. Sim, a expressão "avançados-defesas" é em sentido figurado. Eu sei. Mas é ridícula na mesma. É pressupor que além desse tipo de avançados, há avançados que não defendam. É fazer a mesma distinção que fazes entre o Liedson e o Postiga, o que é errado, pois apesar de um correr menos que o outro, não significa que não defenda.

6) É óbvio que o Derlei não esteve 6 meses na Luz. Seria pressupor que há 12 meses de campeonato. Mas um semestre escolar também só tem 4 meses e chama-se semestre na mesma. Qual é o stress? Falei em 6 meses para dizer que esteve meia-época. Desculpa lá a minha falta de rigor, mas ao Sobral não é rigor que lhe falta.

Finalizando, parece que os 6 golos do Sobral foram anulados. Mantém-se o 0-2. Quanto ao achincalhar, não é gratuito. Isto é, não era a principal ideia do texto. A ideia era pegar em ideias erradas e, ridicularizando-as, tentar mostrar os seus erros. Claro que é exagerado, mas isso é uma questão de estilo. E não se pode entender isto como um ataque pessoal. Quanto ao termos razão, sim temos. Portanto, continuo a ter legitimidade para escrever o que escrevi.

luissm disse...

Só para esclarecer duas coisas de entrada:

1) Não, por favor, não me confundam com o Sobral. Isso não!

2) Também achei que o comment estava com um tom demasiado revoltado mas não consegui evitá-lo.

Agora os 6 golos, :) :
1) Não sei o que é que o Sobral entende por "admitir". Pode querer dizer que partilha. Pode querer dizer que acha que é o que vai acontecer. Eu acho (ou admito, :)) que a segunda hipótese é mais provável.

2) Eu acho que o Manuel Fernandes tem capacidades ofensivas suficientes para poder vir a ser uma grande médio e o melhor da liga, daí a nossa discórdia. E atenção, o meu coração só tem uma cor: verde-e-branco.

3) Em relação à questão dos golos do avançado parece-me que estavas tão revoltado a escrever o post como eu a fazer o comment. Tu chegas a dizer: "Só quem não percebe nada de bola é que pede a um avançado que marque golos." E dizes a seguir: "Se a um avançado se pedisse apenas que se marcassem golos, ou se fosse essa a sua principal função, seria um jogador a menos tirando os dois ou três lances de golo por jogo em que entrariam em acção." O Sobral não diz isso, diz apenas que a principal função do avançado é marcar golos. Para mim pode ser criticado por ser uma lapalissada mas não por ser uma frase incorrecta.

4) Se tu percebes e sabes que, entre os 3 grandes, o PB é o que põe a sua equipa a defender mais à frente, então eu não percebo a tua crítica ao Sobral. E já agora: no futebol de antigamente a defesa não começava lá à frente.

5) Não concordo contigo. Há avançados que defendem mais que outros. Não me parece errado que se apelide os que defendem mais de avançados-defesa.

Concordo contigo quando dizes que isso pode não ser bom porque pode inviabilizar acções atacantes. Mas aí voltas a dar razão ao Sobral quando ele fala da defesa "à frente" do Paulo Bento. O Paulo Bento forçou o Liedson a defender mais, apesar disso diminuir o seu potencial atacante. E o Liedson reflectiu-se disso durante toda a primeira volta. O Jesualdo não pede aos seus avançados tanta disponibilidade como o PB.

6) Só falei na questão dos 4/6 meses porque me pareceste demasiado picuinhas na avaliação ao Sobral.

Faz lá a contabilidade de golos.

Apesar de discordar de algumas coisas, parabéns, gosto de bloggers que discutem/conversam com os comentadores.


Gonçalo,

Apesar do futebol total ser uma coisa muito bonita, por alguma coisa existem defesas, médios e avançados. Cada grupo tem funções específicas, penso eu de que.

Nuno disse...

"Eu acho que o Manuel Fernandes tem capacidades ofensivas suficientes para poder vir a ser uma grande médio e o melhor da liga, daí a nossa discórdia"

Se vires bem, eu disse que ele era bom ofensivamente, ou seja, integra-se bem no ataque, remata bem, etc... O que acho que lhe falta é criatividade. E num médio em que a principal virtude é a força não se podem esperar brilhantismos a nível atacante.

Desculpa, mas é incorrecto dizer que, num avançado, o principal é marcar golos.

"Se tu percebes e sabes que, entre os 3 grandes, o PB é o que põe a sua equipa a defender mais à frente, então eu não percebo a tua crítica ao Sobral."

O que o Sobral insinua é que o Paulo Bento precisa de avançados que defendam, não que é uma equipa que defende mais à frente. E é isso que critico, porque qualquer equipa precisa de avançados que defendam.

"no futebol de antigamente a defesa não começava lá à frente"

A defesa sempre começou lá à frente. Nunca viste um jogador deixar de correr atrás de alguém que passe ao seu lado. Antigamente não havia uma cultura colectiva tão grande, isso admito. E os avançados não tinham tantas preocupações defensivas, porque, segundo a mentalidade de antes, para defender havia os defesas. Mas isso não implica que não tentassem, por sua iniciativa, resgatar uma bola ou outra.

"Concordo contigo quando dizes que isso pode não ser bom porque pode inviabilizar acções atacantes. Mas aí voltas a dar razão ao Sobral quando ele fala da defesa "à frente" do Paulo Bento."

Han? Como é que dou razão ao Sobral? Ele acha que o Liedson faz bem em andar a correr que nem um tontinho; eu acho mal. Como é que lhe estou a dar razão?

"O Paulo Bento forçou o Liedson a defender mais, apesar disso diminuir o seu potencial atacante. E o Liedson reflectiu-se disso durante toda a primeira volta."

Nem por isso. O Liedson, com o Paulo Bento, está bem melhor na cena de vir atrás dos defesas. Antes vinha sempre que lhe apetecia, agora já não é assim. E não é por isso que defende menos. Já não foge tanto da sua zona como antes.

Gonçalo disse...

pensas mal, mas descansa q não és o único. Mas nem é por isso q eu te chamei a atenção. Foi por te revelares incoerente, ou seja para o médio, o q interessa é ajudar a equipa, seja como for, já o avançado so é bom se fizer golos...

Anónimo disse...

rídículo

Gonçalo disse...

Anónimo:

fixe... mas se queres provocar alguém convem seres masi explicito:P

Luís disse...

Não será muito tempo perdido com uma pessoa estúpida como este Luís Sobral?

Assinado: Luís Sobral

Nuno disse...

Uiii... Olha a bófia!

pé em ®iste disse...

Gostaria de assertar que me esforçarei por escrever este comentário a la Manuel Machado, para não destoar do ambiente.

Este post é perfeitamente escusado, porque diz mais sobre quem o escreveu do que sobre o visado, e para caracterizar o escriba já cá estava o resto do blog.

Pelo que por aqui é dado a ler, é evidente que o Nuno é incapaz de respeitar - não se trata de concordar ou discordar, o caso é bem mais pungente - a existência de perspectivas dissonantes da sua, mas porque até os génios beneficiam de uma ocasional chamada à razão... permitirá que lhe diga que os posts que aqui desenrola com pompa e convencimento indisfarçados, mais do que atirá-lo para o hall of fame dos teóricos do pontapé na bola e estudiosos das transições, conotam-no com aquelas figuras muito particulares que jogam de 5 para 5 jamais largando as luvas de guarda-redes, gritando furiosa e continuamente com o resto da equipa - demasiado fraquinha para jogar consigo, vê-se à distância - e que perdem sempre de cabazada porque os colegas simplesmente "não vão lá", por mais cristalinas e visionárias que sejam as suas indicações.

Ao contrário do que diz num comentário acima, não é uma questão de estilo. É mesmo uma questão de mania, como escreveu no post.

Considere a aquisição de um daqueles aquários redondos com um peixinho de água fria. Experimentaria a sensação de ter responsabilidade em alguma coisa.

Nuno disse...

Tanta revoltazinha...

"Pelo que por aqui é dado a ler, é evidente que o Nuno é incapaz de respeitar - não se trata de concordar ou discordar, o caso é bem mais pungente - a existência de perspectivas dissonantes da sua"

Quero também assertar uma coisa, não à Manuel Machado, mas como quem grita com um surdo. Aceitar não é concordar. Para isso, existem dois verbos diferentes. Aceito a ignorância, mas permite-me ter outro ponto de vista. Aceito que outros tenham visões diferentes. Aceito. Se não aceitasse, bastaria dizer que não aceitava a liberdade de expressão e que só a palavra dos doutos tinha valor. Aceito tudo isso. Isto não implica que concorde com tudo o que é dito. É o que dá pensar por mim. Há quem prefira aqueles que pensam pelos outros e que continuam a achar, só por que toda a gente o diz, que a muralha da China se vê do espaço. Resumindo: aceito o que o Luis Sobral diz, mas não concordo. Agora, o que implicas é que não respeito visões diferentes da minha. Respeitaria, se fossem bem fundamentadas. Tu achas e queres que eu respeite o que considero falso. Pois permite-me não respeitar a falsidade. E é por não respeitar o que não é verdade que o denuncio aqui. Não devo respeito nenhum às opiniões pessoais que não se esforçam por mostrar por que razão se edificam daquela maneira. Prefiro respeitar pontos de vista diferentes dos meus que estejam bem argumentados. Resumindo: o Luis Sobral diz coisas erradas, baseando-se naquilo que ele acha que é o futebol. Não concordo com a sua noção e, para isso, expliquei-o. Expliquei pormenorizadamente cada detalhe em que discordava dele. Desrespeitei a sua opinião. Sim, mas só porque em nenhum momento as suas asserções desvelam uma noção de futebol minimamente pensada.

"permitirá que lhe diga que os posts que aqui desenrola com pompa e convencimento indisfarçados"

Pompa e convencimento? Bolas, descobriram-me. Sou convencido e pomposo. E agora, que faço? Tenho defeitos. Ah, quem me dera ser como todos os outros, aceitar a opinião do vulgo como quem aceita caramelos de um desconhecido, viver placidamente sem me arrogar de saber mais, de ver melhor. Ah, quem me dera não ser eu. Que posso fazer para não ser eu?

"mais do que atirá-lo para o hall of fame dos teóricos do pontapé na bola e estudiosos das transições, conotam-no com aquelas figuras muito particulares que jogam de 5 para 5 jamais largando as luvas de guarda-redes, gritando furiosa e continuamente com o resto da equipa - demasiado fraquinha para jogar consigo, vê-se à distância - e que perdem sempre de cabazada porque os colegas simplesmente "não vão lá", por mais cristalinas e visionárias que sejam as suas indicações."

Nunca, em momento algum, pensei em educar alguém. O ser humano é demasiado estúpido para ser educado. Resta a esperança de, de vez em quando, surgir alguém com capacidade para perceber coisas que os outros não percebem, ainda que isso não influa de maneira alguma no desenrolar dos acontecimentos. Não é desígnio deste blog iluminar ninguém. Aqueles que podem ser iluminados, são-no sozinhos. Como tal, dificilmente me revejo no papel do guarda-redes mandão, cuja equipa não o entende. Não costumo gostar de dar indicações; prefiro que os outros alcancem a luz por si, pois só assim a inteligência lhes é genuína.

"Ao contrário do que diz num comentário acima, não é uma questão de estilo. É mesmo uma questão de mania, como escreveu no post."

Ya, eu andei à procura de um texto com o qual pudesse gozar para me armar em bom. Foi isso mesmo que aconteceu. Que idiotice! Claro que é uma questão de mania. Como é uma questão de mania o Mourinho teimar nas suas ideias e continuar a conquistar coisas. Tenho a mania que tenho as ideias bem pensadas. E por ter essa mania, posso discordar de alguém que as não tem. Agora, se o faço de uma forma séria e politicamente correcta, ou se uso do humor, é um problema meu. O melindre é de quem o sente, não é meu... Ou seja, o humor, o sarcasmo, a ironia, não são direccionadas para a pessoa que ouso refutar, mas para as ideias. Quem não percebe isso e se melindra com o que é dito, azar.

"Considere a aquisição de um daqueles aquários redondos com um peixinho de água fria. Experimentaria a sensação de ter responsabilidade em alguma coisa."

Considera isto: se o teu único propósito é dizer que eu sou arrogante e que não tenho respeito por opiniões diferentes, para que é que te deste ao trabalho de mo dizer? Não dizes nada que eu não saiba. E não dizes nada que prove que essa arrogância e esse desrespeito não tenham razão de ser. Tudo o que dizes é uma tautologia do início ao fim. Isto é o mesmo que dizer: "Estas duas pedras são pedras!" Ninguém fica a saber se preferes o granito ou o mármore. E comentários destes, não por serem aparentemente insultuosos, mas por não acrescentarem nada em termos de ideias, são absolutamente escusados...

P.S. Também gosto muito de encomendar...

Izbral disse...

Oh meu g'anda palhaço...que nao ha outro nome para te classificar. Desde que criaste o blog ja tens dito tanta merda que se alguem com uma santa paciencia para comentar como tu fizeste ao Luís Sobral, caíam-te os tomates pelo cu.

És completamente ridículo e ainda assim este post só veio ser mais uma pedrada no charco da lama em que tens tentado nadar. Ainda não percebeste que és uma autêntica anedota para uma determinada facção da blogosfera? Gajos como tu, que se dizem saber tudo e são uns analistas perfeitos, andam todos no mesmo sítio - na merda!

Pena não haver "prospecção" na blogosfera. Já tinhas sido chutado com uma grande pinta para o Alverca. Tem dó de quem passa aqui, mesmo que seja só para tentar ler, qual foi a tua última merda egocêntrica e arrogante que decidiste vomitar. E já agora leva o Zé Castro contigo.

Ah, podes ter a certeza que eu não volto cá para ver se respondeste. Só cá venho quando as pessoas do costume me avisam da última verborreia que tiveste.

Nuno disse...

" Oh meu g'anda palhaço..."

Vamos trocar insultos como crianças? Vamos? Vamos? Está bem! Palhaço é você... Ora toma... Por esta não estavas à espera.

"Desde que criaste o blog ja tens dito tanta merda que se alguem com uma santa paciencia para comentar como tu fizeste ao Luís Sobral, caíam-te os tomates pelo cu."

Gostei da parte final desta frase: tem atitude. Do resto, não gostei muito, talvez por sintaticamente não estar bem construída e, consequente, ser ilegível.

"És completamente ridículo"

Continuamos com os insultos, é? Então vê lá se encaixas este: Ridículo é você, pá!

"Ainda não percebeste que és uma autêntica anedota para uma determinada facção da blogosfera?"

Ainda não. Sou um bocado lento, sabes. Mas ainda bem que mo dizes: começava a ficar preocupado por não ser ainda uma anedota. Sobretudo para uma determinada facção da blogosfera. Sabes outra anedota? Um gajo dar-se ao trabalho de vir perguntar a outro se ainda não percebeu que era uma anedota...

"Gajos como tu, que se dizem saber tudo e são uns analistas perfeitos, andam todos no mesmo sítio - na merda!"

Estive a verificar cada um dos meus textos e encontrei 793 alusões ao facto de eu ser um analista perfeito. De facto, tens razão. Não devia dizer tantas vezes que sou um analista perfeito. Fica-me mal...

"Pena não haver "prospecção" na blogosfera. Já tinhas sido chutado com uma grande pinta para o Alverca."

Que metáfora genial! Deverias reconsiderar e pensar em ser escritor. A sério, pá, tens jeito. Surpreendeste-me...

"Tem dó de quem passa aqui, mesmo que seja só para tentar ler, qual foi a tua última merda egocêntrica e arrogante que decidiste vomitar."

Se tu só passas aqui para ler a minha última merda egocêntrica e arrogante que eu decidi vomitar, se eu tivesse dó de ti e deixasse de o fazer, tirar-te-ia todo o prazer e deixarias de passar aqui. Não quero isso...

"E já agora leva o Zé Castro contigo."

Com sorte vai para o Benfica. E seria a melhor aquisição do clube da Luz. Mas isto demonstra que andas dorido desde os tempos em que falei do Zé Castro... Começa a ser mais fácil saber de onde vem essa animosidade. Se os administradores de outros blogues não fizessem questão de eliminar todos os comentários insultuosos, este insulto já teria ocorrido há muito mais tempo e noutro lugar, certo?

Eu também podia apagar, mas assim estaria a ser um bocado ditatorial. Podes escrever o que quiseres que não apago. A não ser que insultes os meus bichos da seda. Com eles ninguém se mete, ouviste? Normalmente quem não sabe argumentar, refugia-se no insulto gratuito.

"Ah, podes ter a certeza que eu não volto cá para ver se respondeste."

Tens a certeza? Olha, viste? Voltaste... E aposto que não vais responder só para demonstrar que não voltaste. É claro que agora ponderas a hipótese de, afinal, responder, para contrariar a minha aposta. Também claro é que agora, uma vez que eu percebi que afinal ias responder, já não vás responder. Vês? Estou sempre um passo à tua frente? Vamos continuar a ser estúpidos ou já chega?

"Só cá venho quando as pessoas do costume me avisam da última verborreia que tiveste."

Isto significa várias coisas. 1) Vens cá, logo isto tem alguma importância. 2) Vens cá porque outras pessoas te dizem para vires, o que significa que há outras pessoas que vêm. Logo, isto também tem importância para essas outras pessoas. 3) Se a importância que isto tem para ti e para essas pessoas é mera diversão, não interessa: tem importância. Logo, tudo o que pretendes com o teu insulto, a saber, dar-me menos importância que a que afinal tenho, é exactamente o que não consegues... Parabéns pelo insucesso!

Anónimo disse...

Não percebo!! Sinceramente, não consigo perceber a polémica deste post!! O senhor Luís Sobral até pode perceber muito de futebol e ser o maior, blá, blá, blá!! Aquelas duas peças são no mínimo e para não ferir susceptibilidades muito fracas... Ok, o gajo escreve para o MaisFutebol e deve ser obrigado a apresentar trabalho e tem que o fazer quer exista assunto ou não, ou seja, tem que encher chouriços, no boa!! Agora, para encher chouriços não vale a pena estar a dizer coisas absurdas, pode encher chouriços dizendo coisas com sentido.

Manuel Fernandes melhor médio da primeira liga, sou benfiquista, o gajo é bom, não partilho da opinião do Nuno em relação ao melhor médio ter que ter criatividade, mas a nossa liga felizmente tem candidatos bem mais fortes que o Manuel Fernandes. Claro que o Luís Sobral pode ter a opinião dele, isso não implica que essa opinião não seja absurda aos olhos de outros, outros onde eu me incluo. Claro que o Manuel Fernandes até pode vir a ser uma surpresa e tornar-se mesmo no melhor médio da liga, mas sinceramente quem é que acredita nisso??? Provavelmente os mesmos que acreditam que não vai ser um dos 3 grandes o campeão este ano, pode acontecer... Quantos acreditam??? Ele é bastante bom para a sua idade, tem bastante potencial mas tem ainda bastante que aprender...Melhores que ele há no minimo a meu ver Lucho, João Moutinho e Katsouranis, são opiniões. A única controversa pode ser Katsouranis, no entanto, Manuel Fernandes até à época passada, não chegou perto de Katsouranis a defender ou a atacar, sinceramente acredito que venha a ser melhor, mas isso se verá. Depois, equiparados ao Manuel Fernandes há bastantes, é certo que quase todos mais velhos, ok, mas o melhor médio não é escolhido pela idade, para isso há o prémio revelação. Entre os equiparados, posso apontar Miguel Veloso, Raul Mereiles ou Madrid, entre muitos outros. E a parte de ir buscar o Euro 2007 para justificar a sua aposta...Ou houve outro Euro 2007 ou então não percebo!! Podem dizer que toda a equipa teve mal, que ele não podia fazer tudo sozinho, blá, blá, blá!! Então não falem do Euro 2007 para dizer que ele é bom, já agora vou buscar o Euro 2007 para dizer que o Moutinho é bom, ou o mundial de sub20 para elogiar quem quer que seja dos jogadores portugueses ( tirando o Patrício ), era no mínimo ridículo...

Meio campo do Benfica com Petit, Katsouranis e Manuel Fernandes??? Como benfiquista só digo 1 coisa: POR FAVOR NÃO!!! E ao contrário do Nuno tenho muita esperança que o Fernando Santos não o faça!! Seria um meio campo sem ideias, sem capacidade de controlar o jogo, de circular e segurar a bola, com muita vontade é certo, mas isso não chega, são a meu ver 3 excelentes jogadores, mas nunca podem jogar os 3!! Claro que não podem jogar 11 “cristianos ronaldos”... Mas com um meio campo assim a equipa ia sentir a incapacidade de fazer a equipa jogar por parte do meio campo e simplesmente a defesa optava constantemente por lançamentos longos para os avançados correrem atrás da bola...Algo parecido com o futebol inglês. Sinceramente não aprecio o estilo, como latino penso que a técnica e criatividade são essenciais no futebol.

Aquilo do “avançado-defesa”... Mais uma vez para não ferir susceptibilidades vou apenas dizer que é no mínimo uma expressão muito infeliz...

Dizer que o Liedson é muito bom a defender, é também no mínimo muito infeliz, ele é dos avançado mais indisciplinados tacticamente que jogam na primeira liga, é até fácil de perceber o porquê, uma vez que ele é um jogador sem escola, já bastante tarde se tornou profissional de futebol, claro que um jogador sem escola pode ser bom tacticamente, mas é bastante raro, isso implica uma aptidão inata do jogador, que Liedson nitidamente não tem. Liedson na realidade outra aptidão inata, mas para fazer golos, que provem de ter excelente faro pelo golo, capacidade de se desmarcar, de fugir à marcação. Mas a nível defensivo nunca, uma vez que a equipa deve sempre funcionar como um todo, um jogador indisciplinado tacticamente irá constantemente sair da sua posição e prejudicar a estratégia colectiva, um central que seja intransponível se constantemente sair da sua posição irá abrir regularmente buracos na defesa, logo é mau a defender e um mau defesa central. Um avançado a defender não tem que andar feito maluco a correr atrás da bola, tem que simplesmente estar na sua posição e fazer o que lhe pedem, que duvido que seja que corra como se não houvesse amanhã!!

Pessoalmente acho que a principal função de um avançado é fazer a equipa chegar ao golo, não será necessariamente marca-lo, pode marca-lo, fazer uma assistência, uma desmarcação para abrir espaço na defesa para a entrada de um companheiro, etc...Liedson apenas sabe fazer golos, acho que é um bom avançado, gostava de o ter no Benfica mas não é um avançado fenomenal. É pior que o que Jardel era a fazer golos, e não joga para a equipa como Jardel não jogava.

E o Izbral, não sei porquê, mas o nick dá ares de Luís Sobral, será? Zé Castro mau?? Só digo que como benfiquista, espero bem que venha como moeda de troca do Simão...

Não percebo qual é a ideia de criticarem os pontos de vista aqui apresentados sem apresentarem opiniões validas e bem fundadas, criticarem as ideias sem apresentarem outras perspectivas com fundamento dá ares de quem não sabe pensar ou anda melindrado com alguma coisa... Também já tive uma troca de ideias com o Nuno, no post sobre o Zidane, mas limitei-me a apresentar o meu ponto de vista, é no mínimo ridículo se não concordo com ele ou com outra pessoa simplesmente me limitar a insulta-lo, não apresentando 1 único argumento contra o que foi dito!!

Em relação a parte do Nuno defender a necessidade de criatividade num médio penso que está errado, para mim isso era o mesmo que defender que um avançado que marque poucos golos nunca pode ser um bom avançado, que não é verdade, penso que em cada posição o jogador que mais contribui para o sucesso da sua equipa é o melhor, claro que todos gostamos mais de ver jogadores os criativos a presentearmos com a sua arte, no entanto a meu ver isso não os torna melhores, apenas mais espectaculares...

Parabéns pelo blog ao Nuno e ao Gonçalo, claro que não concordo com tudo o que é dito aqui, mas acho que são opiniões bastante válidas e bem fundamentadas!!