sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Certezas (12)

Classe. É a palavra que melhor o define. O que não deixa de ser notável, tendo em conta que tem apenas 19 anos. Possuidor de uma técnica absolutamente notável, o que impressiona mais neste miúdo é a maturidade, a frieza, a racionalidade. É, também, a aparente facilidade com que executa cada lance. Alia, portanto, aos atributos técnicos invejáveis uma velocidade de raciocínio ímpar. Ao chegar aos seus pés, a bola já tem um destino, previamente estudado e decidido com uma destreza invulgar. Apesar de muito talentoso, não parece cair nas vaidades de outros e muito menos abusar nos truques e na fantasia improfícua. Sabe, por isso, guardar o seu arsenal de recursos para quando necessita deles, não usando cada bola que lhe chega para demonstrar as coisas extraordinárias de que os seus pés são capazes. Essa é, aliás, uma das características da escola espanhola de que faz parte. Aqui abro um parêntesis. É certo que esta rubrica, até ao momento, se deteve apenas em jogadores portugueses, em jovens promessas do nosso futebol, e que foram escapando a esta distinção alguns jogadores estrangeiros que, inegavelmente, tinham valor para ser referidos. Lembro-me, assim de repente, pelo menos de Bojan Krkic, o fenómeno espanhol, de Carlos Vela, o avançado mexicano que entretanto já vai fazendo alguns jogos pelo Arsenal, e de Stevan Jovetic, o avançado montenegrino que no princípio da presente temporada rumou à Fiorentina. Embora, por razões óbvias, não nos seja possível acompanhar a evolução de jovens menos conhecidos do grande público que não sejam portugueses, queremos contudo, a partir de agora, sempre que faça sentido, referenciar valores oriundos de outros países e que sejam pouco falados. Afinal, é disso que esta rubrica se alimenta. Como tal, começamos, nas nossas "Certezas" internacionais, por apresentar este médio-ofensivo espanhol, formado no Real Madrid. No início desta época, foi emprestado ao Queens Park Rangers (apesar dos esforços, sobretudo do Arsenal, em contratá-lo) e treinado por Paulo Sousa. Ao fim de meio ano, porém, este campeão europeu de sub-19 volta à casa mãe, talvez fruto da inegável capacidade futebolística que possui. Será curioso ver como Juande Ramos conseguirá gerir um meio-campo com tantas unidades de ataque de grande qualidade como sejam os holandeses Van der Vaart e Sneijder e os espanhóis Ruben de la Red, Guti e este miúdo, sendo que, à partida, não terá regressado a Espanha a meio da temporada apenas para fazer número. Será, por isso, interessante, acompanhar nos próximos meses a evolução de Daniel Parejo...

7 comentários:

Zezé disse...

nao acompanhei o periodo no queens park rangers, mas vi na pre-epoca o gol ao hamburgo, e o bom jogo que fez.

so numero nao vai fazer, ate pq ha um sem fim de lesionados e indisponiveis, bem como a impossibilidade de inscrever diarra e huntelaar em simultaneo na champions

hoeman disse...

Defensivamente es un jugador que tiene mucho que mejorar, también en cuanto al ritmo del partido, suele ser lento en las tomas de decisiones. Tiene clase y técnica... pero no creo que sea jugador para el Real Madrid.

Fran Beltrán disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fran Beltrán disse...

Si le dan oportunidadesy él responde según las expectativas, sin que la presión le pase por encima, puede dar un rendimiento "continuo" mayor que Guti. Parejo es un jugador dinámico, le gusta intervenir, juega entre líneas y baja constantemente a recibir el balón. Tiene buen último pase pero es mejor dando amplitud al equipo. Robben puede ser el gran beneficiado con su llegada, y si el Madrid fichara a Di Maria, más de lo mismo.

Su posición ideal es la de vertice trasero en un rombo ofensivo.
Ej: .........Gago...Lass......
...............PAREJO.........
Robben...........Di Maria(Sneijder)
..............Huntelaar.......

Si consigue entrar, es un jugador que le dará más fluidez al Madrid que la que le puede dar Sneijder, Van der Vaart o Guti pero si el fichaje de Huntelaar no sale como se espera y ningún punta marca diferencias goleadoras, tiene que jugar Sneijder porque aporta goles y calidad a balón parado.

Veremos si funciona.

BAD-RELIGION disse...

Com estes comentários em espanhol até pensava que mne tinha engando no blog...

Epa nunca ouvi falar, se calhar é o mal de ter deixado de jogar FM :S

Pedro disse...

Ena..o blog internacionalizou-se!!!
:):)

Batalheiro disse...

fran beltran,

O Di Maria é capaz de ser dos jogadores mais burros que já vi jogar. Vê-lo com a camisola do Real Madrid seria uma anedota.